<BGSOUND SRC="http://clientes.netvisao.pt/jpcb/Downloads/hino_do_pp.mp3" LOOP="INFINITE"> CDS-PP PARTIDO POPULAR: Vamos falar do que é útil aos portugueses onload="JSCTimeOutID = window.setTimeout('setMessage()',500);"

3.2.05

Vamos falar do que é útil aos portugueses

O CDS vai fazer uma campanha pela positiva, organizando um estúdio móvel de ideias, ao longo do País, com sucessivos temas em debate. Vamos falar do que é útil aos portugueses: eles não perdoarão que se lhes fale de mais alguma coisa que não seja o que é útil a Portugal.
Hoje mesmo, tivemos a primeira iniciativa, inteiramente dedicada ao Ambiente, com a presença do ministro Luís Nobre Guedes e de muita gente, de todas as idades, interessada num tema que está directamente ligado ao desenvolvimento sustentável, a principal questão do mundo actual.
O Ambiente não pode continuar a ser visto como uma flor na lapela, é uma questão essencial que diz respeito a todos e que tem tudo a ver com o futuro de Portugal. O nosso país tem condições naturais como poucos no mundo e a preservação ecológica, nomeadamente através da reabilitação dos parques naturais, pode e tem de ser uma fonte de riqueza e de criação de empregos qualificados em Portugal.
A marca do CDS no Governo passou também pelo Ambiente. Compreenderão que seja normal que o lembremos a quem possa estar esquecido: Luís Nobre Guedes fez em seis meses o que os governos socialistas não fizeram em seis anos.
O Eng. José Sócrates nada fez, enquanto ministro do Ambiente, para promover um plano nacional de ordenamento do território, instrumento essencial para evitar crimes ou agressões ao meio ambiente, promotor do desenvolvimento sustentável de cada região. O CDS fez muito e fez bem.
Em seis anos, o PS e o Eng. José Sócrates não aprovaram um único plano de área protegida. Nós aprovámos o quarto e o quinto em apenas seis meses.
Em seis anos, o PS e o Eng. José Sócrates não publicaram qualquer legislação em termos de fiscalização urbanística de áreas protegidas e fizeram a pior negociação da União Europeia em termos do protocolo de Quioto. Em vez de investir em Portugal e nos problemas portugueses, o Eng. José Sócrates preferiu comprometer o Estado português com o investimento de 200 milhões de euros em Búzios, no Brasil, num assunto relacionado com obras de saneamento básico.
Estes é que são os problemas que dizem respeito a Portugal e aos portugueses. São estes os assuntos a que o PS e o Eng. Sócrates deveriam responder. No Ambiente, repito, o CDS fez mais em seis meses do que o PS em seis anos.
Vamos continuar a apresentar aos portugueses as nossas propostas e a nossa equipa (se quiser ler o programa completo do CDS pode consultá-lo na página das legislativas do nosso sítio na internet em
www.cds.pt).
Como presidente do CDS, não esperem é que seja comentador das campanhas eleitorais dos outros partidos. O CDS tem direito à sua agenda e, já amanhã, estaremos em Évora numa nova sessão temática, desta vez dedicada à agricultura e aberta a quem quiser vir debater ideias connosco. Lá o esperamos...
Paulo Portas

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Continuo a não perceber para que é que se tem dois blogs para a mesma coisa...

Ou talvez tenha mesmo explicação...

2:32 da manhã  
Blogger MP said...

Correlegionários amigos,
"Paz e Amor" :)
Os Blogs nunca são demais; muito colorido e animação - juntos para um mesmo objectivo!
"Venham mais 10"!

6:46 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home